Os Ruídos do Silêncio

Sabe quando o peito aperta, quando ele pede ajuda, quando ele anseia se libertar daquela corrente presa em algo pesado demais? Todos nós temos isso, vem de qualquer pessoa que possua sentimento. Talvez nos deparemos com alguém que conhecemos, alguém próximo a nós, nesse estado, em um silêncio que mata, um quietude incomum. Essa é aquela hora que devemos prestar atenção no imperceptível, que devemos notar que aquele “está tudo bem”, “não é nada”, é o ruído do silêncio do coração apertado em emoções negativas. Todos nós temos esses momentos e queremos que quem está em volta de nos perceba. E nós, precisamos estar atentos a isso nos próximos a nós. Não é uma obrigação, mas uma necessidade da nossa parte, cuidar de que quem nós amamos e que também nos ama. Ouça esses barulhinhos que as pessoas fazem quando não estão bem. Faça sempre o seu melhor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s