​E quem sabe, por acaso, nossos caminhos não se cruzem novamente…

E quem sabe, por acaso, nossos caminhos não se cruzem novamente. Ao andar pelas ruas, ouço seus passos, sinto teu cheiro, lembro-me de como tua presença é boa e como seu sorriso me acalenta. Tuas lembranças tatuei em minhas memórias, pois esquecer você é um grandioso ato de idiotice. Que o universo do teu olhar seja meu lar, onde viajarei dentre anos-luz por toda a eternidade.

Advertisements

2 thoughts on “​E quem sabe, por acaso, nossos caminhos não se cruzem novamente…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s